sexta-feira, 15 de agosto de 2008

TRANSIÇÃO


rastros
restos
vestígios

células

tecidos
mudanças

encanecidos
cabelos
enfraquecidos

passos
lentos
idosos

fases
tempo
sinais

velhos
larvas
maduras

mariposas
casulos
rompidos

voos
plenos
infinitos...


3 comentários:

Éverton Vidal disse...

Um poema realístico bem-humorado. Isso é a vida né? Transiçao.

Blog do Ediloy disse...

publicado no recanto das letras, em 08/09/08

Anônimo disse...

Parabéns....seus versos são profundos e marcantes....

Enviado por Edwaldo Mendes em 28/11/2008 11:41
para o texto: TRANSIÇÃO (T1307865)