quarta-feira, 12 de setembro de 2007

ENFIM, ACABOU A NOVELA DO RENAN CALHEIROS...

Comentário de: Ediloy A.C. Ferraro [Visitante]
12.09.07 @ 20:11

Nem todo enredo acaba agradando o público no final. Quanto a mim, que já não suportava o assunto por me provocar náuseas foi um final esperado, menos pelo mérito do resultado, mas simplesmente por ter chegado ao fim da lenga-lenga...

Enquanto o STF dá um brilho em sua decisão de acatar as denúncias levantadas pela Procuradoria, o legislativo demonstra que é pífio, venal e escandalosamente corporativo...

O Senado Federal já protagonizou outras façanhas de fazerem corar os mais espertos...

Antonio Carlos Magalhães, Jáder Barbalho, entre outros, que tiveram a saída da renúncia para manterem-se elegíveis, apesar dos pesares que recaíram sobre ambos...

No caso em tela, do Renan Calheiros, a trajetória ascendente de fatos novos e desairosos ao acusado pareciam emparedá-lo irremediavelmente, ledo engano...

Os políticos, a quem cabe refletir a opinião de seus eleitores, refluíram, apesar das evidencias escancaradas e documentadas na grande imprensa.

No placar de 40 a favor da permanência e 35 contra , 6 deles se omitiram.

Aos 6 que se ausentaram de suas responsabilidades, com o lavar as mãos, precisamos responder: lavemos as nossas mãos e não os elejamos mais a cargo algum...

É triste ver o senador petista Aloízio Mercadante confessar que se absteve, com que direito o fêz ?

Detentor de meu voto nas últimas eleições ao Senado ele deixou de me representar...

2 comentários:

Lua Branca disse...

Pois é Ediloy, eu também já estava cansada desta lenga lega que não ia a parte alguma, mas é triste ver o que nossos representantes estão a fazer neste Congresso. Tinha esperança de que a consciencia deles falasse mais alta, mas me enganei, as vezes quando vou ao congresso ou a câmara, e encontro com alguma destas pessoas, me dar náuseas, é nogento. Mas um dia eles sentirão a lei de causa e efeito, e nós precisamos fazer a nossa parte, não eleger mais eles, principalmente os 6 que se que se abstiveram. Gostei deste blog e me tornarei leitora frequente.
Abraços
Tereza Mourão

Lelo disse...

Caro Ediloy, realmente é muito triste para nós, que tanto aguardávamos o porvir de novos dias através de um Governo dos Trabalhadores..., termos que "engolir um sapo" desse tamanho, aíás, mais um, de outros tantos anuros que nos jogaram goela abaixo.
Mas...não alimentava ilusão alguma de que os "Partidos de Sempre": todos oriundos do nada saudoso PDS, ou Arena para os mais antigos, fossem ser o fiel da balança, tal como você menciona nos casos anteriores de ACM entre outros.
Quanto a abstenção do Mercadante, é apenas mais um fator que marca a guinada do nosso - esse sim - saudoso PT.